quinta-feira, 27 de abril de 2006

Touradas em Madri

Quem foi ao Estádio do Maracanã na tarde de 13.07.50, quando em disputa do Campeonato Mundial de Futebol o Brasil venceu a Espanha por 6 a 1, teve a oportunidade de assistir a um fato emocionante.

Empolgado pela exibição da seleção brasileira e sugestionado pelos gritos de "olé" da multidão, um grupo de torcedores começou a cantar - logo após o 4° gol, marcado por Chico aos onze minutos do 2° tempo - a marcha "Touradas em Madri". De repente, como num passe de mágica, a canção contagiou os 200 mil espectadores presentes, levando-os a transformar o espetáculo, que se supunha apenas futebolístico, numa das maiores demonstrações de canto coletivo de que se tem notícia até hoje.

Era como se o coro dos torcedores atuasse em contraponto às jogadas dos craques brasileiros, as duas coisas se complementando num mesmo espetáculo.

"Touradas em Madri" foi feita numa época em que, por causa da guerra civil, a Espanha era notícia em toda a imprensa, surgindo daí o tema da composição. É um dos três grandes sucessos de Braguinha no carnaval de 38, ao lado de "Pastorinhas" e "Yes, nós temos bananas".

Touradas em Madri (marcha/carnaval, 1938) - João de Barro e Alberto Ribeiro

Disco 78 rpm / Título: Touradas em Madrid / Autoria: Ribeiro, Alberto, 1902-1971 (Compositor) / João de Barro, 1907-2006 (Compositor) / Almirante, 1908-1980 (Intérprete) / Orquestra Odeon (Acompanhante) / Bountman, Simon, ca1900-1977 (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 25/11/1937 / Nº Álbum 11550 / Lado B / Lançamento: 01/1938 / Gênero: Marcha

Em           B7         Em             B7    D7  G 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum bum... 
            D7      G                   D7   B7    Em 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum bum... 
            B7         Em                   B7 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum 

Em                         
Eu fui as touradas em Madri, 
                 B7        Em       B7 
  pa ra ra ti bum bum bum, pa ra ra ti bum bum 
D7                         G                B7      Em 
E quase não volto mais aqui Pra ver Peri beijar Ceci, 

            B7           Em            B7 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum 

E                                        B7 
Eu conheci uma espanhola natural da “Catalunha” 
    F#m                     B7                        Eº  E 
Queria que eu tocasse castanhola e pegasse um touro a unha 
      C#7 
Carambas, caracoles, sou do samba, não me amoles 
       F#m               A#º             E     C#m F#7 B7     Em 
Pro Brasil eu vou fugir, isso é conversa mole para boi dormir 

            B7          Em                   B7    D7    G 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum bum... 
               D7            G               D7 
Pa ra ra ti bum bum bum,  Pa ra ra ti bum bum 


Fonte: A Canção no Tempo - Vol. 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.
Postar um comentário