quinta-feira, 11 de maio de 2006

Mentindo




Ângela Maria
Mentindo (tango, 1956) - Eduardo Patané e Lourival Faissal - Intérptete: Ângela Maria

Sim, eu sou feliz / Sem amar ninguém
Sim, desejo rir, brincar, sonhar, cantar, sorrir
Nada pode me impedir

Eu amei alguém / Que me fez sofrer
E pra nunca mais chorar deixei de amar
E assim, hoje eu vivo a cantar

Quem teve um amor
E esse amor não conseguiu esquecer
Não, não pode entender por que sorrindo
Hoje eu vivo a cantar

Quem amou alguém
E passou por tudo quanto eu passei,
Ao ouvir há de ver que estou mentindo,
Talvez chore a cantar / Ah, feliz

Nenhum comentário: