quinta-feira, 18 de maio de 2006

Verão violento

Marcos Valle
Verão violento (samba bossa) - Marcos Valle e Fausto Nilo

Tarde de sol, tem jangada no mar
Lua no céu, uma estrela e ninguém pra sonhar
Meu amor, onde anda você
Quero beber o sabor dos seus lábios de mel
Aquele amor bateu, me levou pro céu
Doeu, doeu, mas foi tão bom
Aquele adeus foi seu, não valeu pra mim
Porque eu te amo tanto
Eu quero já, quero puro prazer
Ser pra você como a lua no verde do mar
E amanhã acordar para lhe ver
Na luz do sol lhe perder e depois lhe encontrar
Aquele amor bateu, me levou pro céu
Doeu, doeu, mas foi tão bom
Aquele adeus foi seu, não valeu pra mim
Porque eu te amo tanto assim
Pela janela do tempo
O vento muda de cor
Vai ter felicidade sim
Não tenha dó de mim
Pois o pior já passou
Foi um verão violento
Deu pra sentir seu calor
Eu sei que essa saudade é ruim
Mas no final do fim
Você será meu amor
Postar um comentário