sábado, 3 de junho de 2006

Prá longe do Paranoá

Oswaldo Montenegro
A    E
Numa tarde quente
                        F#m
Eu fui me embora de Brasília
         D                 A
Num submarino do lago Paranoá
            D    F
Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
          G    A
Namorando Madalena na beira do mar
        E       F#m
Qualquer dia mãe, você vai ter uma surpresa
        D   A
Vendo na TV meu peito quase arrebentar
            D        F
Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
          G    A
Namorando Madalena na beira do mar
        E
Quem quiser que faça
   F#m
O velho jogo da política
  D      A
Na sifilítica maneira de pensar
            D    F
Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
          G   A
Namorando Madalena na beira do mar
E  F#m
Eu tenho o coração vermelho
        D                      A
E o que canto é o espelho do que se passa por lá
D    F
Lá no Rio de Janeiro
          G             A
Namorando Madalena na beira do mar
Postar um comentário