sábado, 3 de junho de 2006

Quebra cabeça sem luz

Oswaldo Montenegro
A      
É na clareza da mente
                 Db              F#m
Que explode a procura do novo processo
                A/C#                  D
E o que é meu direito eu exijo e não peço
             E7                   A
Com a intensidade de quem quer viver
                D       E7
E optar: ir ou não por ali

                    A
A nossa primeira antena é a palavra
       Db                  F#m
Que amplia a verdade que assusta
            A/C#                    D7
E a gente repete que quer mais não busca
                  A                 E7 
E de um modo abstrato se ilude que fez


(D  D7/Eb) (A7  Ab7  G7  F#7) (F#7  B7  E  A)
Mas qualquer dia vai ter que ficar definido o caminho
É mais louco do que já supôs a tal sabedoria
Magia que eu hoje procuro entender


(D  D7/Eb) (A7  Ab7  G7  F#7) (F#7  B7  E  A)
Pra que o corpo supere a fadiga
Você o que pensa do assunto
Se a gente se encontra mas nunca tá junto
Vivendo esse quebra cabeça sem luz

                   A
Pra não ficar dividida
              Db            F#m 
Minha mente estabeleci combinado faria
A/C#                    D7
Dizer pondo um pouco de mate
            E7
Gelhá de fazer como os loucos
                A         D        E7
Falando aos tropeços (perdão rita lee)
                          
                      A
Pra que a gente se entenda algum dia
      Db                  F#m
Há de ser como o louco Quixote
             A/C#                    D7
E a lógica insiste em guardar no seu pote
        E7                  A
A mais linda palavra que eu ia dizer.


(D  D7/Eb) (A7  Ab7  G7  F#7) (F#7  B7  E  A)
Mas qualquer dia você
Vai me ver disfarçar (há) de fazer como eu
Que disfarço na tal fantasia a magia
E só me fantasio do que venha ser


(D  D7/Eb) (A7  Ab7  G7  F#7) (F#7  B7  E  A)
E o que se espera da minha cabeça
Há de ser invertido
E a sonata que eu já compus
Virou rock/quem roubou minha loucura fui eu
E agora devolvi 

Nenhum comentário: