domingo, 23 de julho de 2006

Bolero Blues

Bolero blues - Chico Buarque e Jorge Helder
[Intro:] Eb7M(9) Am6(9) D7(b9)(13) 
              Gm7M(9) Gm7(9) Cm7

         A7(b9)       Dm7(9)
Quando eu ainda estava moço
      Bm7(b5)  
Algum pressentimento
   Cm/Eb       D7(b9) G7  Cm7(9)
Me trazia      volta e meia por aqui
    A7(b13)     Bb7M Bb6
Talvez à espera da garota
G7/B   Bm7(b5)
Que naquele tempo
     Cm/Eb      D7(b9)  G7   Cm7(11)
Andava longe,     muito longe de existir
Cm7        Am7(b5) D7(b9) Gm7M(9) G7/B
Tantos tristes fados   eu compus
Cm7        Am7(b5) D7(b9) Gm7M(9) G7/B Cm7(9)
Quanto choro em vão, bolero   blues
A7(b9)      Dm7(9)
Eis que do nada ela aparece
Bm7(b5)    
Com o vestido ao vento
Cm/Eb D7(b9)         G7    Cm7(9)
Já tão desejada       que não cabe em si
Ab7M      Abm6      Gm7(b5)     C7(b9)
Neste crucial momento, neste cruzamento
Fm7
Se ela olhar para trás
C7/E        Fm/Eb G7/D
É bem capaz de num lamento
Bbm/Db   C7(b9)      Fm7M(9) Fm/Eb
Acudir ao meu olhar mendigo
Dm7(b5)       G7/B
Mas aquela ingrata corre
Bbm/Db      C7(b9)            Fm7M(9)
E a Barão da Torre e a Vinícius de Moraes
E7(9)           Fm/Eb Dm7(b5)
São de repente estranhas ruas
Bbm/Db      C7(b9)    Fm7M(9) Fm/Eb
Sem o seu vestido ficam nuas
Dm7(b5) Abm6     Gm7 Gm7/F G7/D         Cm7(9)
E ao    vento eu digo:     -Tarde demais
         A7(b13)         Bb7M Bb6
Quando ela já não mais garota
G7/B       
Der a meia-volta
Dm7(b5)     Cm/Eb    G7/D Cm7(9)
Claro que não vou estar mais nem  aí

Nenhum comentário: