sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Não te dói a consciência

Nelson Cavaquinho
Tom: F


F9 F6
Quando
F7M F6 Abº
Eu estava na flor da idade
Gm7 Bb7
Sei que me tinhas amizade
A7 Eb7/9
Sempre sorrias para mim
Dm7 E7 A7M A6
Sinto saudade daqueles beijos de outrora
A7M Bm7
Zombas por eu ter perdido a mocidade
E7 A7M C7
Não tardas em me dizer que vais embora
F Abº Gm7
Eu faço tudo para não te ver contrariada
C7
Sempre soube te prezar
F7M F6
Oh! Minha doce amada
D7
Não te dói a consciência
Gm
Em eu ser sacrificado
G7
Será que tens coragem
C7
De me deixar abandonado
Postar um comentário