sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Garça

Garça - Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito

É uma garça vadia
Voando na orgia, sem direção
Em busca de pérolas raras
De jóias bem caras
Pra tua ambição
Fugida de um ninho pequeno
De um lago sereno
Que foi todo teu
Mergulha nesse lodaçal
Procurando no mal
O que o bem não te deu
Com gargalhadas alegres e perfumes
Levas os pacatos coitados ao fim
És uma garça sem ninho
E pensas que o lodo é o teu bom caminho
És uma garça vadia
Voando na orgia, sem ter direção
Em busca de pérolas raras
De jóias bem caras
Pra tua ambição
Fugida de um ninho pequeno
De um lago sereno
Que foi todo teu
Mergulha nesse lodaçal
Procurando no mal
O que o bem não te deu
Postar um comentário