quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Picilone

Eis mais uma manifestação do cronista Noel Rosa, sempre atento às novidades. Um acordo ortográfico assinado pela Academia Brasileira de Letras com a Academia de Ciências de Lisboa, em 1931, retirou do alfabeto português as letras K, W e Y. Diante disso, Noel se preocupou com a menina Yvone (irmã do seu amigo Sebastião Ferreira da Silva), que teria o nome escrito com uma letra cassada, compondo este ''samba fonético''.

Muitos anos depois Tom Jobim, diria numa entrevista que o Brasil é ''um pais tão maluco'' que a avenida principal de Brasília, a capital da República, fundada em 1960, seria chamada de W-3, ou seja, com uma letra cassada.

Picilone (samba, 1931) - Noel Rosa

Disco 78 rpm / Título da música: Picilone (Yvone) / Autoria: Rosa, Noel, 1910-1937 (Compositor) / Rosa, Noel, 1910-1937 (Intérprete) / Braguinha (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Parlophon, Setembro/1931 / Nº Álbum 13344 / Lado B / Gênero musical: Samba /
Intr.: F° D° Ab F7/A F7 Bbm Bb7 Eb7 Ab
F° D° Ab F7/A F7 Bbm Bb7 Eb7 Ab Eb7 Ab
Eb7  Ab      F7      Bbm                   
Y....vone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)         
Eb7                      Ab    Ab°  
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!      
Ab         F7      Bbm                      
Yvone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)          
Eb7                      Ab         
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!    
  

Ab/Gb       Db/F            Dbm/Fb  Ab/Eb
Já reparei   outro dia   Que o teu nome, ó Yvone
F7     Bb7           Eb7     Ab
Na nova ortografia já perdeu o   picilone
             F7      Bbm            
Y....vone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)         
Eb7                      Ab    Ab°  
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!      
Ab         F7      Bbm                      
Yvone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)          
Eb7                      Ab         
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!
        Ab/Gb      Db/F          Dbm/Fb     Ab/Eb
É pra ganhar  simpatia  Que todo mundo  se abaixa
F7       Bb7              Eb7     Ab
Pra te fazer cortesia com os olhos fora da caixa
             F7      Bbm            
Y....vone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)         
Eb7                      Ab    Ab°  
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!      
Ab         F7      Bbm                      
Yvone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)          
Eb7                      Ab         
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!
        Ab/Gb    Db/F               Dbm/Fb    Ab/Eb
Tem uma vida  folgada  Não faz mais nada   a Yvone
F7       Bb7           Eb7     Ab
Até já tem empregada para atender telefone
             F7      Bbm            
Y....vone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)         
Eb7                      Ab    Ab°  
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!      
Ab         F7      Bbm                      
Yvone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)          
Eb7                      Ab         
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!
            Ab/Gb      Db/F
Cansei de andar  só de tanga
Dbm/Fb     Ab/Eb
Jé perdi a      paciência
F7        Bb7
Fui te encontrar na Kananga
Eb7       Ab
Mas não me deste audiência
             F7      Bbm            
Y....vone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)         
Eb7                      Ab    Ab°  
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!      
Ab         F7      Bbm                      
Yvone! (Yvone!) Yvone! (Yvone!)          
Eb7                      Ab         
Eu ando roxo pra te dizer um picilone!

Fonte: Songbook Noel Rosa - Volume 3 - Almir Chediak - Lumiar Editora.
Postar um comentário