quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Que bom, felicidade que vai ser

René Bittencourt
Sub intitulado na edição "Que bom, felicidade, que vai ser!', verso final do estribilho, este samba-canção foi lançado por Noel na Columbia, futura Continental, em fevereiro de 1932 (78 rpm 22083-B, matriz 381159). No selo, o nome de Renê Bittencourt não apareceu como co-autor. Já em 1952, pouco antes de falecer, Francisco Alves regravou a música, mas o nome omitido no selo foi o de Noel! Dá pra acreditar! (Samuel Machado Filho no Youtube).

Felicidade - (Que bom, felicidade que vai ser) (samba, 1932) - René Bittencourt e Noel Rosa

Disco 78 rpm / Título da música: Felicidade / Autoria: Rosa, Noel, 1910-1937 (Compositor) / Bittencourt, René (Compositor) / Rosa, Noel, 1910-1937 (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Columbia, 1931 / Nº Álbum 22083 / Lado B / Lançamento: Fevereiro/1932 / Gênero musical: Samba /

Felicidade, felicidade
Minha amizade foi-se embora com você
Se ela vier e te trouxer
Que bom, felicidade que vai ser

Trago no peito o sinal de uma saudade
Cicatriz dessa amizade
Que com o tempo vi morrer
Eu fico triste
Quando vejo alguém contente
Tenho inveja dessa gente
Que não sabe o que é sofrer

O meu destino
Foi traçado no baralho
Não fui feito para trabalho
Eu nasci pra batucar
Eis o motivo
Que do meu viver agora
A alegria foi-se embora
Pra tristeza vir morar
Postar um comentário