domingo, 13 de janeiro de 2008

Sabor do sol

Biquini Cavadão

E E7M
Mesmo que nunca
F#m7
se perceba
A B4/7/9
A nossa coragem
E E7M
Vai brotar de todos
F#m7
os lugares
A B4/7/9
Como plantas num jardim
E E7M
Vai enfeitar a
F#m7
nossa mente
A B4/7/9 C#m
De razões e ide-ais
F# A
E ninguém mais além de nós
B7
Nos poderá deter.
   E E7M F#m7
O vento quando sopra contra alguém
A B4/7/9
É mais fácil se deixar levar
E E7M F#m7
E não remar a favor do que se tem
A B4/7/9
E de onde se possa chegar
C#m B
Toda derrota é iminente
F#m7 A B7
Se o medo está presente
C#m B  A
Assim como o frio é o sabor do sol
B  C#m
Quando não é quente
C#m B
Toda derrota é iminente
F#m7 A B7
Se o medo está presente
C#m B  A
Assim como o frio é o sabor do sol
B  E
Quando não é quente
E E7M
Mesmo que nunca
F#m7
se perceba
A B4/7/9
A nossa coragem
E E7M
Vai brotar de todos
F#m7
os lugares
A B4/7/9
Como plantas num jardim
E E7M
Vai enfeitar a
F#m7
nossa mente
A B4/7/9 C#m
De razões e ide-ais
F# A
E ninguém mais além de nós
B7
Nos poderá deter.
  E E7M F#m7
O vento quando sopra contra alguém
A B4/7/9
É mais fácil se tentar buscar
E E7M F#m7
O culpado fora de quem tem
A B4/7/9
A culpa de estar aonde está
Postar um comentário