segunda-feira, 17 de abril de 2006

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos



As visitas de muitos amigos brasileiros, como Jorge Mautner, Júlio Bressane e Hélio Oiticica, ajudaram Caetano Veloso a suportar as agruras de seu exílio londrino. Nenhuma delas, porém, o emocionou mais do que a de Roberto Carlos e sua mulher Nice.

Confessa o compositor (no livro Verdade tropical) que chegou a chorar copiosamente ao ouvir Roberto cantar na ocasião, acompanhando-se ao violão, “As Curvas da Estrada de Santos”, canção que acabara de gravar: “Eu chorava tanto e tão sem vergonha que, não tendo lenço nem disposição de me afastar dali, assoei o nariz e enxuguei os olhos na barra do vestido preto de Nice.”

Impressionado com a emoção do amigo, Roberto o homenagearia em seu disco seguinte com a composição “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”: “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos / uma história pra contar / de um mundo tão distante / debaixo dos caracóis dos seus cabelos / um soluço e a vontade / de ficar mais um instante...”

A canção teve grande sucesso, inspirando ao mesmo tempo, conforme foi dito, a homenagem-resposta “Como Dois e Dois”. Detalhe: à época da visita de Roberto, Caetano já havia recuperado quase que totalmente a vasta cabeleira encaracolada que cultivara por mais de dois anos e que fôra tosada pelos militares na prisão em Deodoro (A Canção no Tempo - Vol. 2 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34).

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos (1971) - Roberto Carlos
Intro.: E A B E A E B

   E
Um dia a areia branca
     A
Seus pés irão tocar
  B
E vai molhar seus cabelos
  E     A      E  B
A água azul do mar
  E
Janelas e portas vão se abrir
    A
Pra ver você  chegar
  B
E ao se sentir em casa
  E      A      E  B
Sorrindo vai chorar


  E                             A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                    B
Uma história pra contar
                   E    A E B
De um mundo tão distante
  E                                 A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                 B
Um soluço e a vontade
                    E     A E B
De ficar mais um instante


   E
As luzes e o colorido
      A
Que você vê agora
    B
Nas ruas por onde anda
   E    A    E    B
Na casa onde mora
     E
Você olha tudo e nada
    A
Lhe faz ficar contente
  B
Você só deseja agora
   E       A   E     B
Voltar pra sua gente


   E                             A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                     B
Uma história pra contar
                    E    A E B
De um mundo tão distante
   E                                 A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                  B
Um soluço e a vontade
                     E     A
De ficar mais um instante


  E
Você anda pela tarde
    A
E o seu olhar tristonho
B
Deixa sangrar no peito
 E                   B
Uma saudade um sonho
   E
Um dia vou ver você
   A
Chegando num sorriso
  B
Pisando a areia branca
   E      A   E    B
Que é seu paraíso


   E                             A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                     B
Uma história pra contar
                    E    A E B
De um mundo tão distante
   E                                 A
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
                  B
Um soluço e a vontade
                     E     A
De ficar mais um instante
Postar um comentário