sexta-feira, 28 de abril de 2006

Mal-me-quer

Cristóvão de Alencar
Embora gravada originalmente no andamento normal de marcha, "Malmequer" tem letra e melodia que a identificam com a marcha-rancho, o mais lírico dos gêneros carnavalescos - "Eu perguntei a um malmequer / se meu bem ainda me quer / e ele então me respondeu que não / chorei, mas depois eu me lembrei / que a flor também é uma mulher / que nunca teve coração...".

Essa temática florística estava em alta na época, estimulada pelo sucesso recente de "Florisbela" e "A Jardineira". Assim, concorrendo ao prêmio de melhor marcha para o carnaval de 1940, "Malmequer" iria encontrar como forte adversária a também florística "Dama das Camélias" (de João de Barro e Alcir Pires Vermelho).

Realizado em 27.01.40, no estádio do América, o concurso teve na comissão julgadora os jornalistas Eduardo Brown e Caribé da Rocha e as figuras ilustres de Luís Peixoto, Pixinguinha e Villa-Lobos, sendo este último quem a presidia. Apesar de receber o voto de Pixinguinha, "Malmequer" acabou em 3° lugar, precedida de "Pele Vermelha" (de Haroldo Lobo e Milton de Oliveira) e da campeã "Dama das Camélias", cuja melodia foi muito elogiada por Villa-Lobos.

Mal-me-quer (marcha/carnaval, 1940) - Cristóvão de Alencar e Newton Teixeira

Disco 78 rpm / Título da música: Malmequer / Autoria: Alencar, Cristovão de, 1910-1983 (Compositor) / Teixeira, Newton (Compositor) / Orlando Silva (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1939 / Nº Álbum 34544 / Lançamento: 1940 / Lado A / Gênero musical: Marcha /
Dm Gm                     Dm    Gm                   Dm
Eu perguntei a um mal-me-quer / Se meu bem ainda me quer
                    A7    
Ela então me respondeu que não / Chorei, mas depois 

Eu me lembrei / Que a flor também é uma mulher
                   Dm  A7  D
Que nunca teve coração...........

           Em A7              D               B7
A flor mulher iludiu meu coração / Mas, meu amor
                       Em           Gm
É uma flor ainda em botão / O seu olhar
                 D   B7             E7    A7
Diz que ela me quer bem   /  O seu amor / É só meu
             D
De mais ninguém....   


Fonte: A Canção no Tempo - Vol. 1 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Editora 34.

Nenhum comentário: