domingo, 30 de julho de 2006

Ai de ti, Copacabana

Alceu Valença
Alceu Valença
Introdução: C  F  C  F
          C
Eu te procuro
No Leblon, Copacabana
Vejo velas de umbanda
F
Um buquê jogado ao mar
Um marinheiro, estrangeiro, desumano
C
Deixou seu amor chorando querendo se afogar
Refrão:
    F           
No mar,                Refrão 2x
C   
Oh, oh, no mar     
F             C
Eu te procuro nos lençóis da minha cama
F
Ai de ti, Copacabana, será duro o teu penar
Pelo pecado de esconderes quem me ama
C
Ai de ti, Copacabana, será submersa ao mar
Refrão 2x
F        C
O riacho navega pro rio
F
E o rio desagua no mar
Pororoca faz um desafio
C
No encontro do rio com o mar
Refrão 2x
F              C
Então mergulho no meu sonho absurdo
Entre carros, conchas, búzios
F
Entre os peixinhos do mar
Lembro Caymmi, Rubem Braga, João de Barro
C
E sigo no itinerário da princesinha do mar
Refrão 2x

Nenhum comentário: