domingo, 30 de julho de 2006

Borboleta

Alceu Valença
Alceu Valença

Em      Am
Ela é uma borboleta
      B7          Em
Pequenina e feiticeira
                  Am
Anda no meio da noite
      B7              Em
Procurando quem lhe queira

        B7
Minha camisa
                     Em
Foi manchada de vermelho
                   B7
Tem um beijo desbotado
                  Em
De batom ou de carmim

         B7
E a feiticeira
                Em
Tem a boca encarnada
                      B7
Tem um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim
         B7
Ai, feiticeira
                Em
Tem a boca encarnada
                      B7
Tem um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim
                      B7
Um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim

(B7 Em)
Feiticeira...

        B7
Minha camisa
                     Em
Foi manchada de vermelho
                   B7
Tem um beijo desbotado
                  Em
De batom ou de carmim

         B7
E a feiticeira
                Em
Tem a boca encarnada
                      B7
Tem um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim
         B7
Ai, feiticeira
                Em
Tem a boca encarnada
                      B7
Tem um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim
                      B7
Um beijo e uma dentada
                      Em
Sempre guardados pra mim

      Em           Am
Eu procuro a borboleta
      B7           Em
Feiticeira, descarada
                 Am
Pelo batom na camisa
       B7          Em  E7
Pela marca da dentada
      Em           Am
Eu procuro a borboleta
      B7           Em
Feiticeira, descarada
                 Am
Pelo batom na camisa
       B7          Em  (B7 Em)
Pela marca da dentada

Nenhum comentário: