sexta-feira, 21 de julho de 2006

Na carreira

Na carreira - Edu Lobo e Chico Buarque
   E7M/9            E°(7M 9)
Pintar (pintar), vestir (vestir)
E7M/9         E°(7M 9)
Virar  uma aguardente
E7M/9   E°(7M 9)       E7M/9 E°(7M 9)
Para a pró...xima       função
E7M/9           E°(7M 9)
Rezar (rezar), cuspir (cuspir)
E7M/9       E°(7M 9)   G#m7(b5)     C#7(b9)
Surgir  repentinamente na frente  do telão
F#m7                   Am6         E/G#  G°(7M b13)
Mais    um dia, mais uma cidade pra se apaixonar
F#7/13     F#7(b13) F#7 F#7(b5)
Querer   casar
B7/4(9)      B7(9 #11) B7/9
Pedir    a mão
   E7M/9           E°(7M 9)
Saltar (saltar), sair (sair)
E7M/9        E°(7M 9)
Partir  pé ante pé
E7M/9  E°(7M 9)  E7M/9 E°(7M 9)
Antes do povo   despertar
E7M/9          E°(7M 9)
Pular (pular), zunir (zunir)
E7M/9         E°(7M 9)         G#m7(b5)     C#7(b9)
Como um   furtivo amante,  antes do dia     clarear
F#m7                      Am6        E/G# G°(7M b13)
Apagar as pistas de que um dia ali já foi  feliz
F#7/13    F#7(b13) F#7 F#7(b5)
Criar    raiz                 
B7/4(9)  B7(9 #11) B7/9
E se arrancar
G/B            Gm/Bb             F#m/A
Hora de ir embo.....ra, quando o corpo quer ficar
C#7/4(9)          C#7(b9)          Am/C
Toda    alma de artis....ta quer partir
B7/4(9)     B7/9   B7(b9)    G#7/13 G#7(b13) G#m7 C#7(b9)
Arte   de deixar al....gum lugar
F#7/13        F#7(b13)         F#m7    B7/9 B7(b9)
Quando não se tem     pra onde ir
   E7M/9           E°(7M 9)
Chegar (chegar), sorrir (sorrir)
E7M/9            E°(7M 9)
Mentir  feito um mascate
E7M/9 E°(7M 9)        E7M/9 E°(7M 9)
Quando desce na      estação
E7M/9          E°(7M 9)
Parar (parar), ouvir (ouvir)
E7M/9        E°(7M 9)    G#m7(b5)         C#7(b9)
Sentir  que tatibitate  que ba......te o coração
F#m7                   Am6         E/G#  G°(7M b13)
Mais    um dia, mais uma cidade para enlouquecer
F#7/13     F#7(b13) F#7 F#7(b5)
O bem-querer
B7/4(9)   B7(9 #11) B7/9
O turbilhão
G/B            Gm/Bb    F#m/A
Bocas, quantas bocas a cidade vai abrir
C#7/4(9)         C#7(b9)        Am/C
Pr'uma  alma de artista se entregar
B7/4(9)      B7/9  B7(b9)    G#7/13 G#7(b13) G#m7 C#7(b9)
Palmas pro artista      confundir
F#7/13       F#7(b13)     F#m7    B7/9 B7(b9)
Pernas pro artista   tropeçar
  E7M/9        E°(7M 9)
Voar (voar), fugir (fugir)
E7M/9          E°(7M 9)
Como o    rei dos ciganos
E7M/9    E°(7M 9)     E7M/9 E°(7M 9)
Quando junta os cobres  seus
E7M/9           E°(7M 9)
Chorar (chorar), ganir (ganir)
E7M/9          E°(7M 9)       G#m7(b5)       C#7(b9)
Como o   mais pobre dos  pobres, dos pobres  dos plebeus
  F#m7                      Am6        E/G#    G°(7M b13)
Ir  deixando a pele em cada palco e não olhar pra trás
F#7/13      F#7(b13) F#7 F#7(b5)
E nem   jamais
B7/4(9)      B7(9 #11) B7/9
Jamais   dizer
C7M   Am  F7M  B7/4(9)  E7M/9  E°(7M 9) E7M/9 E°(7M 9)
Adeus

Nenhum comentário: