sexta-feira, 21 de julho de 2006

Pafunça

Pafunça - Adoniran Barbosa / Oswaldo Moles - Intérpretes: Adoniran Barbosa e Demônios da Garoa

Tom: D  

Intro: Bm   Bm   Em   Em   Bm   F#7   Bm   G7   
      F#7   Bm   Bm   Em   Em   Bm   F#7   Bm

Bm         Em
Pafunça, Pafunça!
Em                  Bm
Pafunça, que pena, Pafunça,
            F#7            Bm        G7    F#7
Que nossa amizade virou bagunça.     (virada)
Bm         Em
Pafunça, Pafunça!
Em                        Bm
Pafunça, que pena, Pafunça,
            F#7            Bm
Que nossa amizade virou bagunça.
Bm                                            F#7
Pafunça acabou-se a sopa que tu dava pra eu morfar
F#7                                            Bm
Pafunça acabou-se as roupa que eu te dava pra lavar
                    B7                      Em
Hoje eu vivo no abandono, um vira-lata sem dono.
                    Bm            F#7        Bm        G7   F#7
E pra me judiar, Pafunça, nem meu nome tu pronunça     (virada)

Bm         Em
Pafunça, Pafunça!
Em                  Bm
Pafunça, que pena, Pafunça,
            F#7            Bm        G7    F#7
Que nossa amizade virou bagunça.     (virada)
Bm         Em
Pafunça, Pafunça!
Em                        Bm
Pafunça, que pena, Pafunça,
            F#7            Bm
Que nossa amizade virou bagunça.
Bm                                         F#7
O teu coração sem amor se esfriou, se desligou.
F#7                                Bm
Inté parece, Pafunça, aqueles alevador,
                         B7                     Em
Que está escrito  não fonunça  e a gente sobe a pé!
                    Bm    
E pra me judiar, Pafunça, 
        F#7        Bm        G7   F#7
 nem meu nome tú pronunça.    (virada)

( Bm   Bm   Em   Em   Bm   F#7   Bm   G7   
  F#7   Bm   Bm   Em   Em   Bm   F#7   Bm )
 
Ah! Que pena, Pafunça.

Nenhum comentário: