sexta-feira, 14 de abril de 2006

Rafael Hernández

Rafael Hernández Marín nasceu em 24 de outubro de 1891 em Aguadilla, Porto Rico. Inclinado para a música desde a mais tenra idade, tomou aulas de piano, violão, violino e instrumentos de metal.

Durante a Primeira Guerra Mundial, Hernández foi recrutado no exército dos Estados Unidos, onde se uniu à banda militar. Depois que lhe deram alta com honras, viveu em Nova York por muitos anos.

Em 1926 fundou o Trío Borinquen. Seus sucessos na música popular durante essa epóca foram Siciliana, Me Pagarás, Quisqueya, Mi Patria Tiembla, Menéalo e Canto Pajarito entre outras.

Em 1929, com sua canção Lamento borincano, sua fama definitivamente se tornou internacional no mundo da música.

Organizou o Cuertero Victoria que se fez famoso com temas como Preciosa, Muchos Besos e Venus. Em 1932 viajou ao México onde viveu por 16 anos e se casou com a senhorita María Pérez.

Em 1947 Don Luis Muñoz Marín, governador de Porto Rico, lhe ofereceu o cargo de Diretor de Sinfonia, rádio emissora pública, e, então, regressou ao seu lugar de origem: Porto Rico.

Rafael receceu muitos prêmios e reconhecimento. Faleceu em 11 de dezembro de 1965, mas sua grandiosa obra viverá por muitas gerações que hão de vir.

Algumas músicas


Nenhum comentário: