segunda-feira, 29 de maio de 2006

Amargurado

Amargurado - Tião Carreiro e Pardinho
Tom: C
C
Do que é feito daqueles beijos que eu te dei.
Daquele amor cheio de ilusão.
G
Que foi a razão do nosso querer.
D#m                                        G
Pra onde foram tantas promessas que me fizeste.
F                  G               C
Não se importando que o nosso amor viesse a morrer.
Talvez com outro estejas vivendo bem mais feliz.
C7                             F
Dizendo ainda que nunca houve amor entre nós.
G                 C
Pois tu sonhavas com a riqueza que eu nunca tive.
G    
E se ao meu lado muito sofreste.
C
O meu desejo é que vivas melhor.
G             F         G       C
Vai com Deus. Sejas feliz com o seu amado.
G      
Tens aqui um peito magoado.
F     G       C
Que muito sofre por te amar.
F               G                 C
Eu só desejo que a boa sorte siga teus passos.
G 
Mas se tiveres algum fracasso.
F         G        C
Creias que ainda lhe posso ajudar.
Postar um comentário