segunda-feira, 29 de maio de 2006

Meu cavalo zaino


Meu Cavalo Zaino (valsa sertaneja, 1939) - Raul Torres - Interpretação: Raul Torres e Serrinha

Disco 78 rpm / Título da música: Meu Cavalo Zaino / Raul Torres (Compositor) / Raul Torres e Serrinha (Intérprete) / Regional (Acomp.) / Gravadora: Victor / Ano: 1939 / Álbum: 34.478 / Lado A / Gênero musical: Valsa / Regional / Sertanejo


Tom: E

E
Eu tenho um cavalo zaino,
        A           E
que na raia é corredor.
 E
Ja correu quinze carreiras,
        A           E
todas quinze ele ganhou.
A
Eu solto na quadrimeira,
                  E
meu zaino vem no galope.
A
Chega três corpos na frente,
                 E
nunca precisa chicote.

(refrão)
B
Ooooi,
           E
que cavalo bom.
B
Ooooi,
           E
que cavalo bom.

E
Eu tenho um cavalo zaino,
       A            E
que na raia é corredor.
E
Ja correu quinze carreiras,
      A             E
todas quinze ele ganhou.
A
Quiseram comprar meu zaino
                    E
por trinta notas de cem.
A
Não há dinheiro que pague
                     E
o macho que eu quero bem.

(refrão)
E
Eu tenho um cavalo zaino,
       A            E
que na raia é corredor.
E
Ja correu quinze carreiras,
      A             E
todas quinze ele ganhou.
A
Um dia roubaram meu zaino,
                    E
fiquei sem meu paranheiro.
A
Meu zaino na mão de outro,
                    E
nunca mais chega primeiro.

(refrão)
Postar um comentário