quinta-feira, 11 de maio de 2006

Hoje quem paga sou eu

Nelson Gonçalves
Hoje quem paga sou eu (tango, 1955) - Herivelto Martins e David Nasser - Intérprete: Nelson Gonçalves

Disco 78 rpm / Título da música: Hoje quem paga sou eu / Nasser, David, 1917-1980 (Compositor) / Martins, Herivelto (Compositor) / Gonçalves, Nelson, 1919-1998 (Intérprete) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Rca victor, 19/01/1955 / Nº Álbum 801419 / Gênero musical: Tango.



--------Dm----------------- A7 ----------Dm
Antigamente nos meus tempos de ventura
----------------------------------------A7
Quando eu voltava do trabalho para o lar
Deste bar alguém gritava com ironia:
----------------------------Dm
-Entra mano o fulano vai pagar !

-------------D7 -------------------------Gm
Havia sempre alguém pagando um trago
----------E7--------------- A7
Pelo simples direito de falar
-------Gm---------------------------------- Dm
Havia sempre uma tragédia entre dois copos
--------------Bb7---------------------- A7
Nas gargalhadas de um infeliz a soluçar

-------D7---------------------------- Gm
Eu sabia que era estranho nesse meio
-------------E7------------------- A7
Um estrangeiro na fronteira desse bar
----------Gm---------------------- Dm
Mas bebia outro pagava e eu partia
-----------(E7) -------(A7)--------- Dm-- (A7) --(Dm)
Para o mundo abençoado do meu lar

---------D ---------A7 --------D
Hoje faço deste bar a sucursal
--------------------------------------A7
Do meu lar que atualmente não existe
----Em------------------------- A7
Tenho minha história prá contar
----------------------------------------D
Uma história que é igual amarga e triste

-----------------------A7------------- D
Sou apenas uma sombra que mergulha
------------D7--------------------- G
Num oceano de bebida o seu passado
------------------------------------D
Faço parte dessa estranha confraria
----------A7------------------------- D
Do vermute, do conhaque e do traçado

------------Gm------------------- Dm
Mas se passa pela rua algum amigo
-------------A7-------------------- D7
Em cuja porta a desgraça não bateu
--------------Gm --------------------Dm----- (E7)
Grito que entre neste bar, beba comigo
---------------(A7)--- (Dm)----- (A7)----- (Dm)
Hoje quem paga sou eu
Postar um comentário