quarta-feira, 10 de maio de 2006

Neurastênico

Betinho e seu conjunto
Em 1954, um fox de versos insólitos e ritmo saltitante tomou de assalto as paradas de sucesso. Seu título: "Neurastênico"; seus autores: Betinho (Alberto Borges de Barros) e Nazareno de Brito. Betinho é um excelente guitarrista, filho do violonista/compositor Josué de Barros (descobridor de Carmen Miranda e introdutor do violão elétrico no Brasil).

Ex-solista da Orquestra de Carlos Machado, dos antigos cassinos da Urca e Icaraí, Betinho liderava na ocasião um conjunto que disputava a primazia nos bailes de São Paulo com o grupo do pianista Robledo.

Foi com esse conjunto que ele lançou "Neurastênico" cantando-o com voz miúda e afinada: "Brr...rrum ! / mas que nervoso estou / brr...rum sou neurastênico / brr...rum preciso me tratar / Se não eu vou Jacarepaguá...".

Esta letra onomatopaica e extravagante ganhou vida na interpretação do guitarrista, revelando uma extraordinária capacidade de estimular todo mundo a dançar alegremente. Com o sucesso instantâneo, Betinho tornou-se um nome nacional, desenvolvendo por vários anos intensa atuação. Depois, converteu-se em pastor, levando a sua arte para a área da religião.





Neurastênico (fox, 1954) - Betinho e Nazareno de Brito - Interpretação: Betinho e seu conjunto

Tom: F

-----F ------------Dm --------Gm---- C7
Brrr.... / Mas que nervoso es . . . .tou
-----F-------------- C7------- F
Brrr . . . / Sou neurastênico
C7----- F ----------Dm ------Gm--- C7
B r r r . . . / Preciso me tra . . .tar
-----F
Senão / Eu vou pra Jacarepaguá

----F ---------Dm--- Gm---- C7
Brrr . . . / Tão amoroso sou
-----F --------------------C7------- F------ C7
Brrr . . . / Quem já provou, gostou
-----F ----------Dm --------Gm ------C7
Brrr . . . / Preciso me cuidar
-----F
Senão / eu vou pra Jacarepaguá
Eu sei que elas me querem
Mas é para casar
E eu digo que me esperem
Porque depois da festa há

Um comentário: