quarta-feira, 10 de maio de 2006

Risque

Linda Batista
Foi talvez para mostrar que sabia fazer samba-de-fossa tão bem quanto os especialistas - e, de quebra, faturar em cima da moda do momento que Ary Barroso compôs "Risque". Compôs e se deu bem, pois a música, lançada por Aurora Miranda em 52, firmou-se como um dos grandes sucessos do ano seguinte, na voz de Linda Batista.

Na realidade, porém, "Risque" não chega a alcançar o nível das melhores obras de Ary, limitando-se a repetir lugares comuns do gênero ( o "Inferno do amor fracassado", a "Saudade afogada nos copos de um bar"...), sobre uma melodia também comum. Muito mais interessante, pelo menos do ponto de vista melódico, é um outro samba-de-fossa de sua autoria, "Folha morta", lançado à mesma época com menor repercussão.

Risque (samba-canção, 1953) - Ary Barroso

Disco 78 rpm / Título da música: Risque / Autoria: Barroso, Ary (Compositor) / Batista, Linda, 1919-1988 (Intérprete) / Conjunto (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Rca victor, 1952 / Nº Álbum 801080 / Gênero musical: Samba canção


-------Am7--- G7 -----------------------C7M
Risque ......----- meu nome do seu caderno
Bm7/-5 -------E7 --------Am7 ------Bm7/-5
Pois não suporto o inferno
----------------E7 --------Am7 --------E7
Do nosso amor fracassado
------Am7----- G7 -----------------------C7M
Deixe ........----- que eu siga novos caminhos
Bm7/-5 ----------E7 --------Am7 -------Bm7/-5
Em busca de outros carinhos
---------------E7 -------Am7
Matemos nosso passado

---A7 ----------Bb7--- A7 ------Bb7------ A7
Mas, se um dia, talvez, a saudade apertar
Dm7 ----------A7 ------Dm7 -------G7
Não se perturbe, afogue a saudade
-----------C7M -------E7
Nos copos de um bar

-----Am7 ----G7---------------------- C7M
Creia..... -------toda a quimera se escoa
Bm7/-5---------- E7-------- Am7 --------Bm7/-5
Como a brancura da espuma
-----------------E7 ---------Am7
Que se desmancha na areia



A Canção no Tempo - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello - Vol. 1 - Editora 34
Postar um comentário