sábado, 20 de maio de 2006

Seresta

Seresta (valsa, 1939) - Newton Teixeira e Alvarenga e Ranchinho - Interpretação de Alvarenga e Ranchinho



-----------G7-------- C----------------- G7
Um violão em seresta, à luz de um luar
-------------------------------------------C
A natureza em festa, tudo parece cantar...
-------------G7------- C-----A7------------- Dm
Só eu tristonho na rua, sozinho, sem ninguém...

----F----------------- C-------------------------------- G7
Vivo cantando prá lua a canção a canção que é só tua
-------------------C
meu querido bem (bis)

-----G7 ----------------C------------- G7-------------- C
E tu não vens, não vens escutar, o teu cantor a cantar
----G7 -------------C ------------G7 --------------C
esta canção que eu mesmo fiz, por ser assim infeliz.

Nenhum comentário: