domingo, 4 de junho de 2006

Moça

Wando
Quando em viagem para divulgação de seu primeiro elepê, Wando conheceu em Belém do Pará uma bela moça, com quem teve um romance. Daí surgiu a canção “Moça”, incluída em seu segundo elepê. Gravada com arranjo de Sérgio Lemcke, que utilizou harmonias de música erudita com o intuito de dar um colorido diferente à canção romântica, “Moça” não foi a faixa de trabalho do disco, que seria “Nega do Obaluaê”, de estilo semelhante ao sucesso anterior, “O Importante É Ser Fevereiro”.

Mas, Hélio Ribeiro, da Rádio Bandeirantes de São Paulo, encantou-se com “Moça”, tocando-a com freqüência e promovendo-a de seu jeito especial, que consistia em declamar com voz grave uma historinha improvisada, paralela à letra da composição, tendo esta como fundo musical. Assim foi dado o impulso inicial para que a canção se destacasse no elepê e acabasse incluída na trilha de “Pecado Capital’.

Esta novela da TV Globo, escrita às pressas por Janete Clair para substituir “Roque Santeiro”, vetada pela censura nas vésperas da estréia, seria a primeira a ser exibida a cores no horário das oito. “Moça” era O tema de Lucinha, uma pobre suburbana, interpretada por Betty Faria, que se casaria com Salviano (Lima Duarte), o patrão milionário.

O extraordinário sucesso da novela e da personagem contribuiu de modo considerável para a popularização da canção, que temperava romantismo com porções de erotismo, até onde permitia a censura da época: “Eu quero me embolar em teus cabelos / abraçar teu corpo inteiro / morrer de amor... de amor me perder...”

Resultado: o elepê do Wando alcançou a cifra de um milhão e duzentos mil exemplares vendidos, apesar da grande vendagem do disco da telenovela, chegando a música a ser gravada no exterior por figuras como Paul Mauriat e Fausto Papete. Mineiro do arraial Bom Jardim, próximo de Viçosa, Wanderley Alves dos Reis, recebeu da avó o apelido de Wando, quando ainda nem sonhava em ser cantor (A Canção no Tempo – Vol. 2 - Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Moça (canção, 1975) - Wando

Am                  E7/G#             
Moça me espere amanhã 
                  D7/F#
   levo o meu coração pronto pra te entregar
    Bm5-/7    E7     Am
Moça,  moça eu te prometo 
                 B7/F#   F7/11+        E7
   eu me viro do avesso, só pra te abraçar
Am                       E7/G#                     
Moça eu sei que já não é pura, 
             D7/F#
    teu passado é tão forte pode ate machucar
   Bm5-/7    E7           Am
Moça, dobre as mangas do tempo 
        Am/G        B7/F#  F7/11+    E7     A  E7
    jogue o teu sentimento todo em minhas mãos


     A        C#7              F#m 
Eu quero me enrolar nos teus cabelos 
    A7                D              E7                A      E7
abraçar teu corpo inteiro, morrer de amor, de amor me perder
    A         C#7               F#m                                 
Eu quero me enrolar nos teus cabelos 
    A7            D                    E7             A
abraçar teu corpo inteiro, morrer de amor, de amor me perder

Postar um comentário