segunda-feira, 9 de julho de 2007

Inspiração

Luiz Vicentini
Introdução:  Dm  C  Dm  C  Dm  C  A#  A  F  C  A# A7
F                                 C
Era uma noite escura, sem lua, segunda-feira
F C
Peguei a viola, como sempre faço e fui pra rua
Dm
Desliguei a chave de contato
C
Que mantém acesa a chama
Dm
E acendi as luzes
C
Dentro do meu pensamento
   F                                    C            C7
E foi neste momento que a inspiração bateu à porta
F
E eu, como quem não soubesse quem era
C
Pedi que entrasse
Dm
Sentou-se ao meu lado como sempre
C
E pediu-me com seus olhos
G G7 C C7
Permissão pra vasculhar minhas lembranças
   F                                     C             C7
E foi então, que fui parar sem perceber na infância
F
Num tempo em que pra se brincar
C
Usava-se a imaginação
Dm
Quando ainda havia nos olhares
C
Os anjos da inocência
G G7 C C7
E foi, então, que perguntei ao coração
F                                C              C7
Onde estão essas crianças que corriam por aí
F C
Onde estão as borboletas que pousavam em meu jardim
Dm C
Onde estão essas meninas que brincavam de bonecas
Dm C C7
Onde estão esses meninos que pedalavam suas bicicletas
F
Onde estão os trens e os trilhos
C C7
e as velhas canções e as serenatas
F C
Onde estão todas as pipas, petecas, piões, carrinhos de lata
Dm C
Onde estão as tardes de domingo, à espera do filme,
na fila do cinema
G G7 C
Hoje a vida faz outros caminhos

Postar um comentário