terça-feira, 11 de abril de 2006

Chico Feitosa

Chico Feitosa (Francisco Libório Feitosa), compositor, instrumentista e cantor, nasceu no Rio de Janeiro RJ em 1/1/1935. Conheceu Ronaldo Bôscoli, seu futuro parceiro, em 1956, e no ano seguinte foi assistente de Vinícius de Moraes na montagem da peça Orfeu da Conceição.

Foi então morar em Ipanema e em 1958 teve sua primeira música gravada por Norma Benguel, Sente (com Ronaldo Boscoli), lançada no LP Oh Norma!, da Odeon. Nesse mesmo ano, teve outra composição sua gravada pelo Coral Ouro Preto, Fim de noite, música que fez muito sucesso e que lhe valeu o apelido Chico Fim de Noite.

Em 1959, foi trabalhar na revista Sétimo céu e a partir de então participou da maioria dos shows de bossa nova, culminando com o Festival da Bossa Nova realizado em 1962, no Carnegie Hall, em New York, E.U.A., onde cantou Passarinho (com Marcos Vasconcelos). Nesse mesmo ano, sua música O amor que acabou (com Luís Fernando Freire), foi gravada mo primeiro disco do Tamba Trio. Em 1956 foi uma das principais atrações do show Reação, encenado no Teatro Princesa Isabel, pelo produtor e compositor Roberto Jorge.

Em 1966, gravou pela Forma o LP Chico fim de Noite apresenta Chico Feitosa. Até 1968, viveu só de música popular, montando, nesse ano, uma pequena empresa produtora de jingles. Sua música Ye-me-lê (com Luís Carlos Vinhas), foi gravada por Sérgio Mendes no LP do mesmo nome, em 1970.

Veja também:

Agostinho dos Santos
Alaíde Costa
Aloysio de Oliveira
Baden Powell
Billy Blanco
Bossa Nova, Dicionário da
Bossa Nova, História da
Bossa Nova, mais letras
Cariocas, Os
Carlos Lyra
Edu Lobo
Elizeth Cardoso
João Gilberto
Johnny Alf
Leila Pinheiro
Luiz Bonfá
Lula Freire
Maysa
Nara Leão
Newton Mendonça
Roberto Menescal
Ronaldo Bôscoli
Sylvia Telles
Tom Jobim
Vinícius de Moraes

Nenhum comentário: