quarta-feira, 12 de abril de 2006

João Gilberto


Por causa da batida rítmica diferente de violão que lançou no final da década de 1950, João Gilberto é considerado por muitos como o iniciador do movimento musical que ficaria conhecido em todo o mundo como bossa nova.

João Gilberto do Prado Pereira de Oliveira nasceu em Juazeiro BA, em 10 de junho de 1931. Trabalhou como crooner em Salvador e em 1949 transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde integrou o conjunto vocal Garotos da Lua. Atuou depois Como cantor e violonista no Rio e São Paulo.

Em 1958 acompanhou Elizeth Cardoso na gravação do LP Canção do amor demais, quando lançou em duas faixas - Chega de saudade e Outra vez- o estilo de harmonização e acentuação rítmica que caracterizaria a bossa nova. No mesmo ano lançou dois discos simples, como cantor, em característico estilo intimista, e, no ano seguinte, lançou o primeiro LP, Chega de saudade, com sucesso imediato.

Com o êxito mundial da bossa nova, João Gilberto transferiu-se, no início da década de 1960, para Nova York, onde tornou-se um dos mitos da música popular contemporânea. No final da década de 1980 voltou a morar no Rio de Janeiro.

Algumas músicas

A felicidade - A primeira vez - Adeus, América - Águas de março - Amor certinho - Amor em paz - Aos pés da cruz - Avarandado - Bahia com H - Bolinha de papel - Bim bom - Brazil com S - Chega de saudade - Coisa mais linda - Corcovado - Curare - Da cor do pecado - De conversa em conversa - Desafinado - Dindi - Disse alguém (All of me) - Doralice - É luxo só - Eclipse - Ela é carioca - Eu sambo mesmo - Eu sei que vou te amar - Falsa Baiana - Ho-ba-la-lá - Insensatez - Isto aqui, o que é? - Izaura - Jou jou balagandans - Lobo bobo - Manhã de Carnaval - Maria Ninguém - Minha saudade - O astronauta - O barquinho - O pato - O samba da minha terra - Outra vez - Presente de Natal - Rosa Morena - Sandália de prata - Saudade da Bahia - Se é tarde, me perdoa - Segredo - Só danço samba - Só em teus braços - Trenzinho (Trem de ferro) - Trevo de quatro folhas - Wave (Vou te contar)

Veja também:



Fontes: MPB Compositores - Editora Globo; História da Bossa Nova - Revista Caras - Edição Especial de Julho de 1996.
Postar um comentário