domingo, 9 de abril de 2006

Newton Mendonça

Newton Mendonça
Newton Mendonça (Newton Ferreira de Mendonça), compositor e instrumentista, nasceu no Rio de Janeiro RJ em 14/2/1927 e faleceu em 11/11/1960. Cursou o Colégio Militar. Apresentou-se como pianista em inúmeros clubes noturnos de Copacabana, Rio de Janeiro, entre os quais Ma Griffe, Dominó, Boate das Canoas, La Bohème.

Em 1953, Dora Lopes gravou na Sinter sua composição Você morreu pra mim (com Fernando Lobo). Em parceria com Tom Jobim, compôs alguns grandes sucessos da bossa nova, como Foi a noite, 1956, lançado por Sylvia Telles, na Odeon, no ano seguinte; Só saudade, 1957; Desafinado, gravado por João Gilberto, na Odeon, em 1958; Discussão, Meditação e Samba de uma nota só, pelo mesmo cantor e etiqueta, dois anos depois. Na Copacabana, gravou o LP Em cada amor uma canção.

Morreu de ataque cardíaco, quando atuava na boate Carrossel, no chamado beco do Joga a Chave, e julgava-se incompreendido por seus ouvintes e parceiros. Deixou uma obra pequena, mas de grande importância para o movimento bossa nova, do qual pode ser considerado um dos iniciadores.

Obras

Caminhos cruzados (c/Tom Jobim), 1958; Canção do pescador, canção, s.d.; Desafinado (c/Tom Jobim), 1958; Discussão (c/Tom Jobim), samba, 1960; Foi a noite (c/Tom Jobim), 1956; Incerteza (c/Tom Jobim), samba, 1953; Meditação (c/Tom Jobim), samba-canção, 1960; Samba de uma nota só (c/Tom Jobim), samba, 1960.

Veja também:

Nenhum comentário: