domingo, 12 de novembro de 2006

Carro velho

Paralamas do Sucesso
Introdução: A
   A      D   E
Carro velho
D A
Carro velho pra quê?
D E
Se é pra ficar no caminho
D A
Eu prefiro não ter
D E
Eu quero ter um novinho
D A
Eu quero um tipo cupê
D E
Um dia eu ganho sozinho
D (A D E D)
Aí é que vocês vão ver
   A      D   E
Carro velho
D A
Carro velho pra quê?
D E
Já não bastasse a miséria
D A
O pouco que se come
D E
Já basta ver nas vitrines
D A
Coisas que eu nunca vou ter
D E
Um dia eu ganho sozinho
D (A D E D)
Aí é que vocês vão ver
   A                            E
Pra ver os meus filhos com vergonha de mim
A E
Pra ver meus vizinhos todos rindo de mim
A E
Eu tenho raiva do mundo
A
Eu tenho raiva de mim
E
Eu tenho raiva de tudo
(A D E D)
De tudo o que eu não posso ter
   A     D    E
Carro velho
D A
Carro velho pra quê?
D E
Pra enfeitar a sujeira
D A
Da rua que me viu nascer
D E
Eu já empurro carroça
D A
Eu já carrego essa cruz
D E
Um dia eu ganho sozinho
D (A D E D)
Aí é que vocês vão ver
   A      D   E
Carro velho
D A
Carro velho pra quê?
D E
Já não bastasse a miséria
D A
O pouco que se come
D E
Já basta ver nas vitrines
D A
Coisas que eu nunca vou ter
D E
Um dia eu ganho sozinho
D (A D E D)
Aí é que vocês vão ver
   A                            E
Pra ver os meus filhos com vergonha de mim
A E
Pra ver meus vizinhos todos rindo de mim
A E
Eu tenho raiva do mundo
A
Eu tenho raiva de mim
E
Eu tenho raiva de tudo
A
De tudo o que eu não posso ter
A E
Eu tenho raiva do mundo
A
Eu tenho raiva de mim
E
Eu tenho raiva de tudo
(A D E D)
De tudo o que eu não posso ter
Postar um comentário