domingo, 12 de novembro de 2006

Melô do marinheiro

Paralamas do Sucesso
Introdução: C Dm G
Parte 1:
       C                   Dm
Entrei de gaiato num navio
C G
Entrei, entrei, entrei pelo cano
C Dm
Entrei de gaiato num navio
C G
Entrei, entrei, entrei por engano
 
(Repete Parte 1)
         C                        Dm
Aceitei, me engajei, fui conhecer a embarcação
C G
A popa, o convés, a proa e o timão
C Dm
Tudo bem bonito pra chamar a atenção
C G
Foi quando eu percebi um balde d'água e sabão
C Dm
Tá vendo essa sujeira bem debaixo dos seus pés?
C G
Pois deixa de moleza e vai lavando esse convés
 
(Parte 1)
   C                           Dm
Quando dei por mim, eu já estava em alto-mar
C G
Sem a menor chance, nem maneira de voltar
C Dm
Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão
C G
Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão
         C                     Dm
Liverpool, Baltimore, Bangkok e Japão
C G
E eu aqui descascando batata no porão
(2x)
   (Parte 1)
         C                     Dm
Liverpool, Baltimore, Bangkok e Japão
C G
E eu aqui descascando batata no porão
(2x)
       C                           Dm
Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão
C G
Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão
(2x)
 
C Dm
Ô marinheiro, marinheiro
C
Marinheiro só
G
Quem te ensinou a nadar?
C Dm
Ou foi o tombo do navio
C G
Ou foi o balanço do mar
(2x)
    C                        Dm
Tá vendo essa sujeira bem debaixo dos seus pés?
C G
Pois deixa de moleza e vai lavando esse convés
       C                           Dm
Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão
C G
Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão
   (Parte 1)2x
Postar um comentário