sábado, 15 de abril de 2006

Valsas brasileiras

A valsa chegou ao Brasil no final da década de 1830 e imitou inicialmente o modelo europeu. A partir de 1870, com o surgimento do choro, os músicos brasileiros imprimiram novas características às composições e a valsa tornou-se um gênero da música popular.


Entre os primeiros compositores de valsas estão Alfredo da Rocha Viana, pai de Pixinguinha, e Ernesto Nazareth.

Sob a influência da modinha, a valsa tomou-se também uma forma de canção sentimental. No final da década de 1920, o cinema trouxe a moda das valsas americanas. A partir de 1934, iniciou-se a fase de maior brilho da valsa brasileira, com a dupla de compositores Francisco Alves e Orestes Barbosa.

Até meados da década de 1940, todos os compositores famosos tinham valsas entre suas obras: Pixinguinha, Ary Barroso, Joubert de Carvalho, Lamartine Babo, Custódio Mesquita e muitos outros.

O gênero entrou em declínio no Brasil a partir da década de 1950.

Algumas valsas




















































3 comentários:

  1. Olá! Eu preciso saber sobre uma valsa antiga, mas não sei o nome. Tenho um pedaço da letra:
    Adeus bem, vou partir amanhã deste estado para outro de lá
    Se tu sentes meus peitos gelados
    Dai-me um abraço e um aperto de mão
    Era tarde, bem tarde da noite, onze horas no bronze bateu...
    Se souber pelo menos o nome. Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Olá...

    Tenho procurado por uma valsa que não sei o nome; sei um trecho dela e sei tbém que é de mais ou menos 1930. Diz o seguinte: "Ela sentada bem juntinho a mim, ela pediu meu coração eu dei, são tantas lagrimas que por ti derrama, "flor" de lírio que não posso esquecer". Agradeço se puderem ajudar-me.
    Della Santa

    ResponderExcluir

  3. A dupla criadora de preciosas valsas era ORESTES BARBOSA e SÍLVIO CALDAS e não Francisco Alves. Orestes Barbosa era o ator dos versos e SÍLVIO CALDAS, autor das melodias.

    ResponderExcluir