segunda-feira, 17 de julho de 2006

Eleanor Rigby - Fita Amarela - Trem Bala

João Bosco
Tom: F
  

FITA AMARELA
Noel Rosa

[Intro:] Dm Dm(b6) Dm(b5) Dm7M

  Dm    Dm7M   Dm7    Dm6
Eleanor Rigby quando eu morrer,
    Dm(b6)   C#m7(b5)
Não quero choro nem vela,
F#7(b9)/E  C7      B7 Bb7 A7
Quero uma fita amarela
  A7/G   F6
Gravada com o nome dela

 Am7(b5)
Se existe alma
    D7(b9)    Gm7 Gm7/F
Se há outra encarnação
    Em7(b5) A7(b9) Dm7
Eu queria que a mulata
 Dm7/C B7(13) Bb7(13) A7(13) A7(#9) Dm9
Sapateasse no meu caixão

Não quero flores
Nem coroa com espinho
Só quero choro de flauta
Violão e cavaquinho


TREM BALA
João Bosco / Antônio Cícero / Waly Salomão

[Intro:] Am C7/E B7/D# F/C Am

   C7/E        B7/D#       F/C        Am
Dispara um trem bala veloz feito luzes
    C7/E       B7/D#          F/C   Am
E integra a estação razão à intuição
   C7/E        B7/D#            F/C    Am
Por meio do teu nome ausente em mim reluzes
   C7/E        B7/D#          F/C    Am
Enquanto um garotinho empurra seu limão

A blitz ali na frente diz que aqui a onda
Tá mais pro Haiti do que pro Havaí
Se as coisas nos reduzem simplesmente a nada
De nada simplesmente temos que partir

Que fazer agora?
Dispara o trem bala veloz feito luzes
Uma criança chora?
De nada simplesmente temos que partir

Produzir vibrações, rotações, girassóis
Danças, saltos, gravitações
Inventar novas metas e setas que vão
Disparar novos corações

     Fm6
O céu está nublado?
As nuvens serão tela para o filme 
que se quer projetar nas nuvens

Nenhum comentário: