quarta-feira, 31 de maio de 2006

Minha viola (R. Seixas)

Raul Seixas
(intro) C7

                         F  G                   C   Am
Quando eu saí do meu sertão. Não tinha nada de meu.
                Dm  G7                        C   C7
A não ser esta viola que foi meu pai quem me deu.
                       F   G                     C   Am
E pelo mundo eu vou andando. Subo monte, desço serra.
                  Dm   G7                     C    C7
Minha viola vou tocando, relembrando a minha terra.
                         F    G                     C   Am
E quando a tarde vai morrendo, vou pegando minha viola.
                      Dm  G7                  C
Se estou triste e sofrendo, ela é quem me consola.

     C7           F            G           C
Cada nota é um gemido. Cada gemido uma saudade.
      C7             F                   G          C
De saudade estou perdido, viola, nessa eterna "solidade".
      C7             F                   G          C
De saudade estou perdido, viola, nessa eterna "solidade".

                          F    G                      C Am
E nesse sertão dos meus amores, quando me ponho a tocar.
                 Dm  G7                   C
Emudecem seus cantores para nos ouvir cantar.
                   F                         C  Am
Canta a minha alegria, canta para eu não chorar.
                   Dm  G7                      C
Entrarei no céu contigo, quando minha hora chegar.

Nenhum comentário: