quarta-feira, 31 de maio de 2006

Mata virgem


Mata Virgem (1978) - Raul Seixas e Tânia Menna Barreto - Intérprete: Raul Seixas

LP Mata Virgem / Título da música: Mata Virgem / Raul Seixas (Compositor) / Tânia Manna Barreto (Compositora) / Raul Seixas (Intérprete) / Gravadora: WEA / Ano: 1978 / Nº Álbum: BR 36.090 / Lado B / Faixa 2 / Gênero musical: Canção / Modinha.


(intro) E7

  A             E/G#
Você é um pé de planta
       F#m
Que só dá no interior
      Bm       D
No interior da mata
   A           E7
Coração do meu amor
  A           E/G#
Você é roubar manga
         F#m
Com os moleques no quintal
   Bm           D
É manga rosa, espada
      A    D   A
Guardiã no matagal
       E7             A
Qual flor de uma estação
  E7     C#7     F#m
Botão fechado eu sou
    D#º   D
Se amadurecendo
       F          E     A
Pra se abrir pro meu amor
        E7            A
Qual flor de uma estação
  E7     C#7     F#m
Botão fechado eu sou
    D     D#º
Se amadurecendo
         F       E      A
Pra se abrir pro meu amor
A         E/G#
Úmida de orvalho
      F#m
Que o sol não enxugou
   Bm        D
Você é mata virgem
     A                E7
Pela qual ninguém passou
   A/E          E7
É capinzal noturno
         F#m/A
Escuro e denso protetor
      B/A         D/A
De um lago leve e morno
    A     D    A
Teu oásis seu amor
       E7             A
Qual flor de uma estação
  E7     C#7     F#m
Botão fechado eu sou
    D#º   D
Se amadurecendo
       F         E     A
Pra se abrir pro meu amor
       E7             A
qual flor de uma estação
  E7     C#7     F#m
Botão fechado eu sou
    D     D#º
Se amadurecendo
       F         E     A
Pra se abrir pro meu amor
A        E/G#
Úmida de orvalho
      F#m
Que o sol não enxugou
   Bm        D
Você é mata virgem
     A                E7
Pela qual ninguém passou
  A/E           E7
É capinzal noturno
         F#m/A
Escuro e denso protetor
      B/A         D/A
De um lago leve e morno
    A     D   A
Teu oásis seu amor.
Postar um comentário