sexta-feira, 7 de julho de 2006

Perfidia (versão)


Perfidia (bolero, 1939) (versão) - Alberto Domínguez (México) - Boleros inesquecíveis - Trio Irakitan


Cm    C7                    Fm
Sofre... a tua dor resignadamente
 G7                              Cm  Ab7 G7
Sofre... como eu sofri por ti também
 Cm    C7                         Fm
Sofre... e a dor vai ensinando a gente
G7                            C Am Dm G7
Amar... e um dia querer bem....

 C    Am    Dm         G7         C    Am  Dm  G7
Amei......... como ninguém te amou querida
               C        Am     Dm
De ti o menor gesto adorei
                      E7      G7
Esquecido da própria vida
 C      Am   Dm        G7        C         Am   Dm
Perfídia.......mandaste em troca,  não esqueci
     G7            C        Am      Dm
Das rosas, das orquídeas e das violetas
              E7
Que eu dava a ti

                Dm
Distraída no ambiente luxuoso
                 E7  
Em que sempre vivias
       Dm
Tu deixaste que murchassem minhas flores
                   E7        G7
Meu buquê de fantasias

 C       Am    Dm        G7       C      Am    Dm
E agora........... que adoras a quem te magoa
    G7              C       Am   Dm
Perdoa pelo bem que eu te quis
           G7      C    Fm     C7M/9
Perdoa e serás  feliz .......feliz
Postar um comentário