sábado, 29 de julho de 2006

Cajuína

Caetano Veloso
     Cm                          Fm
Existirmos a que será que se destina
            G7                       Cm
Pois quando tu me deste a rosa pequenina
              C7                           Fm
Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina
        Bb                          Eb
De um menino infeliz não se nos ilumina
           G#7                      G7
Tão pouco turva-se a lágrima nordestina
                                 Cm
E apenas a matéria vida era tão fina
            C7                  Fm
E éramos olharmo-nos intacta retina
       G7                     Cm 
Da cajuína cristalina em Teresina

SOLO: Cm Fm G7 Cm C7 Fm Bb Eb G#7 G7 Cm C7 Fm G7 Cm 
Postar um comentário