sábado, 29 de julho de 2006

Janelas abertas nº2

Caetano Veloso
Tom: Bm7

Bm7\Bm6                     Bm(b6)        
Sim,    eu poderia abrir as portas
Bm6
que dão pra dentro
Bm7             Bm6             F#7(#9)
Percorrer correndo os corredores  em silêncio      
Perder as paredes
B7(#9)                Em7
aparentes do edifício       Penetrar no labirinto
A7           D7M       
O labirinto de labirintos
G7M     F#7(#9)\\\Bm7\Bm6   
Dentro do apartamento     Sim     eu poderia
Bm(b6)             Bm6
procurar   por dentro a casa
Bm7            
Cruzar uma por uma as sete portas,
Bm6              F#7(#9) 
as   sete moradas    
Na sala receber o beijo frio em
B7(#9)\\                    Em7         
minha boca         Beijo de uma deusa morta Deus morto,
A7                D7M\          G7M\      F#7(#9)\\\Bm7
fêmea de língua gelada Língua gelada como nada     Sim,
Bm6                   Bm(b6)           Bm6
eu poderia em cada quarto rever a mobília
Bm7                F#7(#9)
Em cada uma matar um membro da família
B7(b9)
Até que a plenitude  e a
Em7
morte coincidissem um dia
A7              D7M\F#7(#9)
O que aconteceria de qualquer jeito 
Bm7\Bm6                      Bm(b6)
Mas    eu prefiro abrir as janelas   prá que
Bm6                Bm7
entrem todos os insetos

Nenhum comentário: