sábado, 29 de julho de 2006

Tradição

Caetano Veloso
Tom: C7
Intro: C#7 

     C7       Bb7             A7       Ab7+
Conheci uma garota que era do barbalho
G7    C7        F7
Uma garota do barulho
C#7  C7               Bb        A7    Ab7+  G7
Namorava um rapaz que era muito inteligente
     C7            F7
Um rapaz muito diferente
               Eb7+        D7     Db7+  C7
Inteligente no jeito de pongar no bonde
      B7+        Bb6
E diferente pelo tipo
F7                 Eb7+        D7   Db7+ C7
De camisa aberta e certa calça americana
     B7+           Bb6
Arranjada de contrabando
C#7 C7            Bb            A7        Ab7+  G7
  Sair do banco e desancando despongar do bonde
       C7                F7
Sempre rindo e sempre cantando
C#7    C7             Bb7+   A7  Ab7+  G7
Sempre lindo e sempre sempre
       C7                F7
Sempre rindo e sempre cantando
C#7  C7       Bb7+            A7       Ab7+  G7
Conheci uma garota que era do barbalho
       C7        F7
Essa garota do barulho
C#7  C7             Bb7+  A7       Ab7+  G7
 No tempo que Lessa era goleiro do Bahia
     C7              F7
Um goleiro, uma garantia
                     Eb7+    D7     Db7+  C7
No tempo que a turma ia procurar porrada
   B7+             Bb6
Na base da vã valentia
F7                 Eb7+    D7 Db7+    C7
No tempo que preto não entrava no bahiano
         B7+         Bb6
Nem pela porta da cozinha
C#7  C7       Bb7+            A7       Ab7+  G7
Conheci uma garota que era do barbalho
        C7          F7
Num lotação de liberdade
C#7    C7        Bb7+      A7        Ab7+   G7
Que passava pelo ponto dos quinze mistérios
        C7          F7
Indo do bairro pra cidade
                 Eb7+     D7          Db7+  C7
Pra cidade quer dizer pro largo do terreiro
         B7+        Bb6
Pra onde todo mundo ia
F7            Eb7+     D7    Db7+  C7
Todo dia todo dia todo santo dia
          B7+          Bb6
Eu, minha irmã e minha tia
C#7   C7            Bb7+       A7       Ab7+  G7
 No tempo quem governava era Antonio Balbino
   C7                 F7
No tempo que eu era menino
C#7 C7               Bb7+        A7      Ab7+  A7
 Menino que eu era e veja que eu já reparava
       C7         F7
Numa garota do barbalho
                   Eb7+   D7     Db7+  C7
Reparava tanto que acabei já reparando
     B7+             Bb6
No rapaz que ela namorava
F7                  Eb7+  D7      Db7+    C7
Reparei que o rapaz era muito inteligente
    B7+            Bb6
Um rapaz muito diferente
C#7             Bb7+        A7     Ab7+  G7
 Inteligente no jeito de pongar no bonde
      C7         F7
E diferente pelo tipo
C#7   C7            Bb7+        A7   Ab7+  G7
 De camisa aberta e certa calça americana
     C7            F7
Arranjada de contrabando
                 Eb7+    D7        Db7+         C7
Sair do banco e desbancando, despongar do bonde
       B7+               Bb6
Sempre rindo e sempre cantando
F7             Eb7+      D7     Db7+  C7
Sempre lindo e sempre sempre sempre
       B7+              Bb6
Sempre rindo e sempre cantando
C7     B7+            Bb6
Sempre lindo e sempre
        C7     B7+          Bb6
Sempre rindo e sempre me olhando
Postar um comentário