sexta-feira, 2 de junho de 2006

Foi um rio que passou em minha vida



A história de “Foi um Rio que Passou em Minha Vida” tem muito a ver com a de outro samba famoso, “Sei Lá Mangueira”, musicado por Paulinho da Viola que, para amaciar corações portelenses magoados com a sua homenagem à escola rival, compôs este canto de amor e fidelidade à sua querida Portela:

“Ah, minha Portela / quando vi você passar / senti meu coração apressado / todo o meu corpo tomado / minha alegria voltar / não posso definir aquele azul / não era do céu / não era do mar / foi um rio que passou em minha vida / e o meu coração se deixou levar.”

Um dos mais talentosos integrantes da geração de sambistas revelada, como foi dito, nos anos sessenta, Paulinho da Viola recebeu influências diretas de compositores tradicionais, como Cartola, que desenvolve à sua maneira, modernizando-as sem desfigurá-las. Isso pode ser observado em composições como “Foi um Rio que Passou em Minha Vida”, o samba que consolidou o seu prestígio de cantor e compositor (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Foi um rio que passou em minha vida (samba, 1970) - Paulinho da Viola
Tom: G
G                    E7              Am
Se um dia  /  Meu coração for consultado
          D7           Am        D7            G   D7
Para saber se andou errado/    Será difícil negar
  G         D7              G
Meu coração tem manias de amor
            E7          Am7   C                Cm
Amor não é fácil de achar/ A marca dos meus desenganos
 Bm      E7       Am7      D7          G7
Ficou, ficou /      Só um amor pode apagar
       C              Cm         Bm     E7
As marcas dos meus desenganos / Ficou, ficou
 Am7     D7        G     D7
Só um amor pode apagar
   G   D7    G           D7        G
Porém, ai porém / Há um caso diferente
      B7              Em             Am
Que marcou um breve tempo / Meu coração para sempre
D7             G      
Era dia de carnaval / Carregava uma tristeza
                                     Bm7
Não pensava em novo amor / Quando alguém
       E7             Am7
Que não me lembro anunciou : Portela, Portela
        D7                                    G     D7
O samba trazendo alvorada/ Meu coração conquistou
G     E7       Am        D7           G     D7
Ai, minha Portela / Quando vi você passar
    G                  E7                        Am7  D7
Senti meu coração apressado/ Todo o meu corpo tomado
                G    D7         G          
Minha alegria voltar    / Não posso definir aquele azul
            E7               Am7
Não era do céu / Nem era do mar
C       Cm        G             E7
Foi um rio que passou em minha vida
  Am       D7            G7     C         Cm         G     
E meu coração se deixou levar /   Foi um rio que passou
          E7     Am         D7            G
Em minha vida /  E meu coração se deixou levar
  C    Cm     G  E7  Am  D7    E7       C       Cm
Laiá       laiá      laiá lalalá     laiá     laiá    
           G      E7     Am       D7     G
        laiá   laiá   laiá   lalalá  laiá


Nenhum comentário: