sexta-feira, 28 de julho de 2006

Auto de São Jorge Guerreiro

P. C. Pinheiro
Auto de São Jorge Guerreiro - Carlos Lyra e Paulo César Pinheiro
Intr.: D D4  A D  D D4  A E  
       D D4  A D  D D4  A E

A7M/9          A6/9              F#m7      C#m7
Acende a candeia    Que o fogo da lua apagou
A7/4(9) A7(b9) D7M E7/4(9)       A6
E a boca da noite   fechou     toda   a aldei__a
A7M/9         A6/9           F#m7        C#m7
Rebenta a cadeia    À ponta de faca e facão
A7/4(9) A7(b9)  D7M E7/4(9)       A6
Não deixa sentar     capitão     Na     tua cei__a

B/A                         E/G#
Dilata essa vei___a, entoa a canção marcial
F#m7    B7   E  A        D      E
Alguém tem que dar o si__nal   Pra quem guerreia

D D4  A D  D D4  A E  D D4  A D  D D4  A E

A7M/9         A6/9               F#m7         C#m7
A coisa está fei____a Aumenta na aldeia a legião
A7/4(9)          D7M E7/4(9)          A
Afora os guerreiros que estão     em     terra alheia
A/G            D6/F#                   F#/E           Bm7
Desmancha essa tei_____a Que há tempos ninguém quer bolir
G#m7      C#7  F#m7 B7 Em7 A7 D    E    A  
Lidera a mudan____ça que   se               desencadeia!

D D4  A D  D D4  A E  D D4  A D  D D4  A E

Nenhum comentário: