sábado, 8 de setembro de 2007

Caso

P. C. Pinheiro
Caso - Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro

Mas se me encontrar
Não vale lembrar
O que ficou pra trás
O que se acabou
Se acabou em paz
Mas se me encontrar...
Pois é,
Foi bom mas enquanto durou
Mas é poeira que o vento levou já
Lembra do que a princípio se combinou
Não havendo mais amor, separar
Que um dia a gente pode se encontrar
Não é pra me tratar bem de favor
E nem a beijos e abraços que não dá
Vamos ser naturais se possível for
E a cada um novo amor declarar
Que um dia a gente pode se encontrar
Postar um comentário