quarta-feira, 14 de junho de 2006

Cuca maluca

Martinho da Vila
Introdução:  D D D D Em Em D D Em Em D A7 A7 

D
Quando
             Bm              Em
Minha cuca maluca computa você
 
É um tal do meu peito doer
      D
É um tal do meu peito doer
     Em
É um tal do meu peito doer
      D               A7
É um tal do meu peito doer doer doer
D
É que nele mora um coração
                   A7
Que já sofreu por amor
    D7              G
E tem medo da solidão
                          C7/9  
Entre quatro paredes com portas 
                            F#m7
  e janelas fechadas na escuridão
B7               Em
Eu apanhei da saudade
           A7                  D
Fiquei com trauma na minha emoção
     Em       
É um tal do meu peito doer
      D
É um tal do meu peito doer
     Em
É um tal do meu peito doer
      D
É um tal do meu peito doer 
        D             Bm       Em
Até provar que sapo não é jacaré
  A7              D 
Vou ser escravo dessa mulher
        D             Bm       Em
Até provar que sapo não é jacaré
  A7              D 
Vou ser escravo dessa mulher
     Em       
É um tal do meu peito doer
      D
É um tal do meu peito doer
     Em
É um tal do meu peito doer
      D
É um tal do meu peito doer doer doer

Nenhum comentário: