quarta-feira, 14 de junho de 2006

Nada será como antes



Numa demonstração de sintonia com o seu tempo, Elis Regina lançou “Nada Será como Antes” e “Casa no Campo”, juntas, num mesmo compacto, representando essas composições, cada uma a seu modo, os anseios da juventude brasileira na ocasião. Gravada numa levada dançante e com um interlúdio de cordas, “Nada Será como Antes” é uma canção política, tendo a idéia da letra surgida, curiosamente, quando o autor Ronaldo Bastos lia um artigo sobre a questão do “amanhã” na música brasileira.

Então, transferindo o enfoque da área musical para a política, ele expôs em versos metafóricos o drama dos que se preocupavam com o destino imprevisível dos exilados pela ditadura, entre os quais estava o seu próprio irmão: “Eu já estou com o pé nesta estrada / qualquer dia a gente se vê / sei que nada será como antes amanhã / que notícias me dão dos amigos / que notícias me dão de você / sei que nada será como está, amanhã / ou depois de amanhã! resistindo na boca da noite um gosto de sol.”

Ronaldo, Milton Nascimento e muitos outros viviam gregariamente no país, compenetrados na utópica missão de salvar o mundo por meio das obras de arte que criavam, constituindo-se “Nada Será como Antes” um autêntico libelo de oposição ao regime vigente. Além de Elis, Milton, autor da melodia, gravou esta canção no álbum Clube da esquina (em 72) e, novamente, em 76, numa versão em inglês (do próprio Ronaldo, com René Vincent) intitulada “Nothing Will Be as It Was”. Esta versão seria gravada também por Sarah Vaughan no disco Brazilian romance (em 87), com arranjo de Dori Caymmi (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Nada será como antes (1972) - Ronaldo Bastos e Milton Nascimento
Tom: Dm7
Dm7
Eu já estou com o pé na estrada
                         Cm7
Qualquer dia a gente se vê
        F7              Bb7+       Eb7+
Sei que nada será como antes, amanhã
     Gm7
Que notícias me dão dos amigos?
     Am7
Que notícias me dão de você?
   Dm7
Alvoroço em meu coração
    G7
Amanhã ou depois de amanhã
                         F#7      F7        E7 Eb7+
Resistindo na boca da noite um gosto de sol
      Dm7
Num domingo qualquer, qualquer hora
                             Cm7
Ventania em qualquer direção
         F7             Bb7+      Eb7+
Sei que nada será como antes amanhã
     Gm7
Que notícias me dão dos amigos?
     Am7
Que notícias me dão de você?
        Dm7
Sei que nada será como está
    G7
Amanhã ou depois de amanhã
                         F#7      F7        E7 Eb7+
Resistindo na boca da noite um gosto de sol
Dm7 C7+ Cm7 Gm7 (Bb7/4 Bb7/9 Gm7/4 Gm7)
      Dm7
Num domingo qualquer, qualquer hora
 
 
Postar um comentário